CARANGOLENSE EX-ALUNO DO SENAR RECUPERA MAIS DE 20 NASCENTES APÓS CURSO





Nascido e criado na zona rural, o pequeno produtor Luiz Peron agora também é um agente de transformação ambiental. Em 2019 ele participou do curso sobre recuperação de nascentes oferecido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES/Sindicatos em Divino e desde que recebeu o seu certificado, começou a atuar prestando esse serviço. Já são 26 nascentes recuperadas na região de Carangola, onde ele mora. Luiz Peron (de verde) com mais uma nascente recuperada.
“Aprendi com o SENAR a importância de cuidar da água. A gente só lembra e se preocupa quando ela acaba, mas o curso trouxe o conhecimento e um ‘puxão de orelha’ para a gente nunca mais esquecer de preservar a água e o meio ambiente”, disse Luiz.

Luiz contou que, durante o treinamento chegou a duvidar da eficácia do processo. Mas, ao final, viu que, o que parecia impossível, só precisava das técnicas adequadas para se tornar real. “Tive que ver para crer! No começo só tinha um filete de água no local e, quando fomos embora, a vazão já estava muito maior. Fiquei encantado”.

O trabalho de recuperação de nascentes e conscientização ambiental se tornou parte importante da vida do produtor. A dedicação tem rendido resultados positivos para ele, que ganhou uma nova fonte de renda, e para toda a comunidade, que se beneficia com a água em abundância. “Passamos pela seca com um volume de água bom e isso faz toda a diferença para o produtor”, comentou.

Luiz faz questão de dizer aos donos das propriedades onde trabalha que a recuperação é uma parceria, e que as técnicas e indicações feitas por ele devem ser seguidas corretamente para alcançar o resultado esperado. “Eu digo para todos: ‘se você seguir o que eu aprendi no curso e aplico, não tem como dar errado’. Tenho recebido muitos elogios pelo meu trabalho. É grandioso. A satisfação para mim, como ex-aluno do Sistema FAEMG, é excepcional. Esse curso é 10”.
Para o futuro.

Luiz Peron é o presidente da Associação de Pequenos e Médios Produtores Rurais de Ponte Alta de Minas e pretende fomentar um projeto na instituição para oferecer o serviço de recuperação de nascentes gratuitamente para todos os associados.

Ele informou que a entidade já atua fortemente nas questões ambientais e o seu conhecimento tem contribuído na elaboração de novos projetos e busca de parcerias que viabilizem soluções para o uso da água e o descarte de lixo na região.

O produtor está mapeando as nascentes em que já trabalhou e pretende disponibilizar ao público os dados como localização, nome da propriedade e do proprietário e data em que a nascente foi recuperada. O objetivo é conseguir rastreá-las para continuar acompanhando os processos e mostrar a sociedade a importância de manter esses lugares preservados.

Por LÍLIAN MOURA, VIÇOSA
01/04/2022 . SISTEMA FAEMG/SENAR


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem