Parceria garante continuidade do ATeG para produtores de cinco municípios




Cerca de 75 cafeicultores dos municípios de Araponga, Espera Feliz, Manhuaçu, Manhumirim e Alto Jequitibá receberão atendimentos pós-ciclo do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). A extensão do ATeG para esses produtores acontecerá por meio da parceria entre o Sistema FAEMG/SENAR/INAES e a Cresol Minas Gerais. 


O primeiro contato com a Cresol Minas Gerais foi feito por produtores de Araponga que encerraram os quatro anos de atendimento previstos no ATeG e desejavam seguir o acompanhamento oferecido pelo Programa. A iniciativa foi levada aos demais municípios por meio de produtores e técnicos de campo, com participação do gerente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Viçosa, Marcos Reis. 


O gerente se reuniu com os representantes da Cresol Minas Gerais para apresentar resultados do ATeG na região, e explicar o funcionamento da nova etapa apoiada pela instituição. “Nosso objetivo com o pós-ciclo é não abandonar o produtor. Serão quatro encontros presenciais por ano, durante 4 anos. Acreditamos que no final desse período o produtor e sua família estarão aptos para gerir bem a propriedade e o negócio sozinhos”, esclareceu, Marcos Reis. 


O presidente da Cresol Minas Gerais, João Paulo Dias da Fonseca celebrou a parceria que se soma a outras iniciativas que a instituição realiza para apoiar o desenvolvimento e o fortalecimento da agricultura e dos produtores da Zona da Mata. “O ATeG é fundamental, pois proporciona assistência técnica, gerencial, qualificação profissional e reforça a capacidade empreendedora das famílias do campo”, pontuou.

SENAR MINAS


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem