Produtores atendidos pelo ATeG se reúnem em Divino para planejamento de 2020




O Sistema Faemg / Senar Minas, em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de Divino, promoveu, na última semana, um encontro entre os produtores de café atendidos pelo Programa ATeG em Divino e Orizânia. A reunião, que também contou com a participação de técnicos do ATeG e do instrutor Roberto Gregatti, foi realizada com os objetivos de aproximar produtores e sindicato, analisar os últimos seis meses do Programa e planejar ações para o próximo ano.

“A ideia é acompanhar de perto o trabalho que vem sendo realizado pelo ATeG e também ouvir a opinião dos produtores rurais para entender os pontos fortes do Programa e descobrir onde podemos melhorar. Queremos que o resultado final seja bom para todos”, explica Viviane Cunha, mobilizadora do Sindicato de Divino.





Durante o encontro, que aconteceu em um restaurante da cidade, os mais de 70 presentes puderam conhecer um pouco mais dos serviços e produtos disponibilizados pelo Sistema Faemg e relembrar as ações realizadas pelo Sindicato de Divino ao longo de 2019.

O planejamento para 2020 também foi apresentado. Entre as novidades para o próximo ano, estão a “ Vitrine do Café” - projeto que abrirá espaço para os produtores rurais exporem seus produtos para a população; a criação do grupo “Mulheres do Café”, que irá reunir as produtoras da região, e, ainda, ações que visam estimular o turismo de experiência e que vão contar com a ajuda de ex-alunos do Programa Agente de Turismo Rural do Senar. “O intuito é preparar os produtores para receber e mostrar aos turistas os cafés produzidos na região. Já temos um grupo de Londes muito interessado”, conta Viviane.

O grupo de produtores também almeja aumentar sua participação no mercado de cafés especiais. Para isso, já estão previstos para 2020 a criação de um grupo de comercialização de cafés especiais, que fará uma ligação direta entre produtor e comprador, além de uma movimentação do Sindicato para levar à região mais cursos promovidos pelo Senar. “Vamos capacitar os produtores rurais e prepará-los para esse mercado”, afirma a mobilizadora Viviane.

Via SENAR MINAS 





Postar um comentário

0 Comentários